Sementes Líricas

Chamada-convite para o projeto “seus poemas são sementes?” ou simplesmente

Sementes líricas

Proposta para a publicação de Livros impressos (em papel, não é e-book) no formato 12×23. 32 páginas. Com preço ao consumidor de R$ 6,50.
Custo da participação para o autor: ZERO (*).

Recebendo trabalhos até o dia 05 de outubro…

Veja um modelo do miolo aqui.
Fizemos com 12 páginas apenas para se ter uma ideia da formatação.

Os livros terão ISBN, ficha catalográfica e serão feito o depósito legal.

Para ilustrar a capa dos primeiros plantios escolhemos a estilização de um cacho de sementes de açaí, no Pará, ou juçara, no Maranhão. Fruta que é símbolo de nossas raízes no norte-nordeste ou se preferirem Amazônia-semi-árido. O açaí dá mais nas várzeas e alagados e a juçara costuma dar onde há menos água. Existe uma canção muitíssimo conhecida que brinca um pouco com a oscilação masculino-feminino e com a presença da fruta nas vidas dos povos desta região. Chama-se “Sabor açaí”, que você pode ouvir na belíssima voz de Nilson Chaves. Não sei quem fez o vídeo, mas nele existem fotos e mais fotos “do fruta”: https://www.youtube.com/watch?v=UgO5bXXsE70.

Características do material a ser enviado:

* Todo material deve ser enviado unicamente para o email editoraliteracidade@uol.com.br;

* Os poemas não precisam ser inéditos, nem existe exigência de temática, mas é bom ter em mente que para se configurar como livro os poemas precisam ter alguma unidade. Podem ser poemas publicados em outros meios, sem problema, desde que o conjunto ou mais de um terço do mesmo não tenha sido publicado antes como livro.

* 26 poemas de até 42 linhas cada (contando os versos entre as estrofes). Os poetas que desejarem utilizar todo o espaço da página podem publicar dois poemas somando 35 linhas os dois poemas sem incluir no cômputo títulos ou espaço entre os poemas. Apesar disso, trovas e haicais ou outros gêneros breves e brevíssimos, não pretendemos publicar um só na página; pelo menos, não neste projeto. Fica facultado ao autor inserir à baixo do título um dedicatória de uma linha apenas.

* Poemas visuais, mallarmenianos, concretos, inovações, ondas, triângulos… Infelizmente, não. Prosa poética, Hummm… também não.

– poemas centralizados, só se forem todos;

* Página 03: epígrafe, agradecimento e dedicatória (facultativos, se não enviar, informar que não vai enviar). A dedicatória deverá ter em sua primeira linha: “Dedico estas sementes líricas” (veja o pdf-modelo do Romeu);

* página 05: prefácio ou apresentação, como dependem de outras pessoas podem ser enviados em caso de seleção. Tanto pode ser prefácio por outrem, como apresentação pelo próprio autor. O título do prefácio “Sementes líricas de (nome do autor). Máximo 2000 caracteres com espaço. Na indicação da autoria do autor do prefácio, máximo 80 caracteres.

* poemas sem título não terão a indicação “sem título”, no momento está assim, mas é apenas um modelo. Poemas sem título devem ficar sempre na parte de baixo da página separado do superior por *** centralizados. O autor pode também colocar apenas poemas sem título na mesma página.

Capa:

* Título curto (máximo 15 caracteres sem espaço) definido pelo autor, em negrito, seguido de “sementes líricas de” sem negrito e nome do autor em negrito – tudo em minúsculas.

* orelha da contra-capa: Foto (opcional) do autor em boa resolução, ou seja, o arquivo deverá ter aproximadamente um mega. Foto apenas de rosto ou com possibilidade que possamos recortar apenas o rosto, mas sóbria, sem óculos de carnaval, ou adereço de festa de aniversário de criança, por exemplo, e sozinho, sem gato, cachorro, pagapaio.., ou mesmo outras pessoas.

* biografia: o espaço destinado a biografia é aproximadamente 750 caracteres com espaço. Enviar dentre deste limite, pois nós não iremos resumir nós mesmos a biografia.

Ela deve ser escrita em terceira pessoa, enfatizando atividades relacionadas ao universo das letras, leituras e literatura. Profissão é bom citar; a atual ou atuais ou principal. Formação acadêmica, se for caso, também; a mais recente. Obras publicadas ou premiações: citar as mais importantes ou as mais recentes. Incluir associações literárias ou culturais das quais faça parte, porém citando poucas. Se você já publicou conosco ou já teve texto selecionando em algum certame pedimos (não é uma exigência) que cite.

* Após a biografia sugerimos que informe um contato: email e/ou link para o perfil do facebook e/ou blog pessoal. Infelizmente recusaremos link para páginas de editoras, ou similares. Telefone, de jeito nenhum. Endereço postal, sugerimos que não.

* por fim, o espaço destinado a biografia é aproximadamente 750 caracteres com espaço. Enviar dentre deste limite, pois nós não iremos resumir nós mesmos a biografia.

* ainda sobre a capa: contra-capa e orelha da primeira capa são espaços que a editora irá utilizar para referir-se ao projeto em questão e/ou dar a conhecer outras atividades que desenvolve, ou publicações, coletâneas, prêmios… (mais ou menos como no anexo).

* o autor não terá sua própria capa, as únicas coisas que poderão ser modificadas na capa da frente é a cor da letra e a fonte.

* Autores podem assegurar a compra de uma quantidade e colocar o patrocínio na contra capa? Mas apenas se seu trabalho tiver sido selecionado e apenas nos exemplares do patrocinador. Demais exemplares dentro dos padrões. Vamos deixar para tratar disso especificamente com os interessados nisso. Entretanto, a possibilidade de patrocínio não faz parte de nossos critérios de eleição.

Critérios de seleção

É importante dizer que não é um concurso ou certame literário, portanto não haverá comissão julgadora nem certificado ou qualquer outra forma de premiação (troféu, medalha etc.). (Embora o autor possa ter o mesmo sentimento ao saber que sua obra foi selecionada, o que diante do público e da comunidade literária corresponda ao status de uma premiação.) A escolha será feita a partir de critérios editoriais. Considerando em primeiro lugar a qualidade literária. Critério sempre arenoso, mas nós somos ambos professores de literatura com mestrado e – mais importante que isso – devoradores de livros desde ‘niños’. De certa forma, o nosso gosto literário vai terminar influenciando na escolha. Embora ter qualidade e serem do gosto possam ser coisas bem diferentes. Some-se a isso o perfil do autor, por exemplo, quanto à militância literária ou ativa participação nos espaços virtuais de divulgação. Definitivamente, se desejar mandar suas sementes é bom saber que contamos com sua ajuda para regar tanto as suas e quanto a dos demais selecionados. Afinal somente assim o projeto vai se manter e poderá publicar mais e mais autores. Esse envolvimento do autor não vale apenas para o “sementes líricas”. Vale para qualquer publicação. Talvez ainda precisemos considerar outros critérios quando formos fazer a escolha mas por hora bastam esses.

Datas e prazos:

Esta primeira chamada corresponde ao recebimento de livros até o dia 05 de outubro. Serão selecionados cerca de dez livros para serem enviados para impressão ainda no mês de outubro. Conforme as respostas ao projeto, a disponibilidade financeira da casa, a quantidade e a qualidade do material enviado, um segundo grupo de dez livros serão remetidos para a gráfica em dezembro ou mesmo em novembro.

Quais retornos eu terei a partir da seleção e publicação de meu trabalho neste projeto?

Primeiramente, acreditamos que o fato de ser uma publicação sem custos (exceto a postagem dos exemplares para o autor) já é uma vantagem significativa. Além disso, é importante o autor ter em mente que é uma espécie de projeto trampolim, tanto para o autor quanto para a editora. Um projeto para você mostrar seu trabalho poético e nós o nosso trabalho editorial. De modo que nós estamos audaciosamente minimizando saldo que nos restará após todos os gastos (gráfica, diagramação, isbn, depósito legal, etc.). Por fim, a seleção entre tantos trabalhos, que fatalmente receberemos, conferirá ao autor uma espécie de status de premiação ou outorga mesmo que assim não seja. E, por fim do por fim, os retornos de direitos autorais correspondentes a 5% dos exemplares da tiragem de 300 (impressos todos de uma só vez ou em grupos de cem conforme a disponibilidade financeira da editora na ocasião e/ou vendas dos exemplares – isso estará em contrato), ou seja, 15 exemplares, os quais o autor pode vender pelo valor que desejar.

Além disso, os autores podem adquirir exemplares adicionais de seu próprio título com desconto de 5% para qualquer quantidade. 10% para pacotes com 25. Para maiores quantidades, o desconto poderá ser maior, dependendo da conjuntura e das oscilações de momento. Infelizmente, embora o país viva com inflação baixa desde o plano real, os produtos gráficos estão sujeitos a flutuação do dólar.

Nós vamos propor ainda aos autores selecionados que recebam 10 exemplares consignados para serem quitados na editora em até 30 dias após o recebimento, considerando uma porcentagem a ser definida sob o valor de capa. O autor, entretanto, poderá comercializar os exemplares pelo valor que desejar. Acreditamos realmente que exemplares nas mãos dos autores podem ser vendidos por até R$ 10,00. O autor estará à vontade para fazer o preço de seu livro. Afinal, o leitor receberá o exemplar autografado, na hora, e não precisará custear postagem.

Além desses exemplares propomos que o autor receba 10 exemplares para serem disponibilizados na livraria do próprio autor (http://doproprioautor.lojaintegrada.com.br/facedosdisfarces). Nesta livraria, os exemplares serão colocados à venda e o autor receberá comissão pela venda. Detalhes a serem acertados em contrato após a seleção.

Em suma, 15 exemplares de direitos autorais.
10 exemplares consignados para serem quitados em 45 dias.
10 exemplares consignados para as vendas na livraria do próprio autor.

Sendo que os dois últimos itens são opcionais.

O único custo que o autor terá será o da postagem e manuseio de exemplares. Valor que vamos fixar aqui em R$ 50,00, o mesmo valor caso deseje apenas os seus 15 de direitos autorais ou os 35 incluindo as duas consignações. Com 35 exemplares já dá para fazer um pequeno lançamento, sarau poético, bate-papo com autor… ou algo do tipo. E a gente faz uma arte de convite em jpg para divulgar na internet.

É importante lembrar que ao enviar material para um projeto como esse você não está apenas publicando um livro. Você está também se empenhando numa espécie de militância literária. A publicação de sucessivos trabalhos desse projeto vai depender diretamente do retorno que esses primeiros títulos possibilitarem. Acreditamos seriamente que autores estejam dispostos neste tipo de engajamento.

Caso deseje nos perguntar algo, envie-nos email editoraliteracidade@uol.com.br com o assunto “sementes líricas – dúvidas”.

Para que o projeto tenha (relativamente) vida própria, criamos uma página no facebook sobre o mesmo. Agradecemos se você der uma passadinha por lá e clique no “joianha”:
https://www.facebook.com/sementesliricas

capamodelo
_____________________________________

Registramos aqui nossos agradecimentos a Romeu D’Aguiar (que nos cedeu os poemas para o modelo), Airton Souza (que fez comentários aos poemas), Abilio Pacheco (pela fotografia cedida para capa), a Mauricio Antonio V. Duarte (pelo trabalho de melhoria para a capa) e aos amigos de Marabá que tomaram conhecimento em primeira mão do projeto e deram sugestões de melhora, entre eles Claudia Chini e Sinara Cangussu.

Em um dia qualquer de setembro… com brisas ainda de agosto, sons de chuva, rio e mar e gosto de açaí.

PLC 2015 prosa contos

Prêmio LiteraCidade – 2015 – Prosa – Contos
Tema livre – para autores de língua portuguesa
Inscrições até dia 20 de novembro de 2015 – Via email

Categorias:
1 – Livro completo de contos;
2 – Contos longos (novela);
3 – Contos avulsos;
4 – Contos breves;

Serão publicados livros dos três primeiros colocados, além de coletâneas de contos as quais os autores selecionados receberam os exemplares sem custo adicional (*).

Favor observar detalhes e exceções no regulamento completo do certame:
https://premioliteracidade.wordpress.com/2015/09/01/premio-literacidade-prosa-2015-contos/

Peregrinações de Samantha de Sousa

capa samantha - Kopie

Peregrinações – poemas e prosa poética
Samantha de Sousa
72 páginas
à venda em: http://www.literabooks.com.br/peregrinacoes

Prefácio – O verso urgente

“Falta-me espaço dentro do corpo, então eu me derramo em palavras inauditas”. Assim é o livro Peregrinações, de Samantha de Sousa, propriamente um extravasar-se, um desprender-se da ditadura do silêncio para ganhar liberdade na amplidão que, afinal, “deve ter cheiro de plenitude e soa como uma música de Glass e é feito de cristais e pólen de flores astrais”.
Tripartite, a poesia de Samantha se nos abre como um portal e, uma vez que ingressamos, nunca sairemos incólumes. Viajaremos pela sua escrita caleidoscópica, onde cada página apresenta um novo ocaso e um novo começo. Percebemos, assim, a contínua mudança de ambientes e estados da alma. A passagem do tempo entre suas páginas é evidente. Tempo justo para a maturação de sua poética. Isto porque Peregrinações não é um livro, mas vários livros. A própria autora se transforma nesses lapsos de tempo: “as palavras me envelhecem”, nos revela sobre a relação entre sua poesia e o tempo que têm lugar na sua própria existência. Mas este tempo, que a autora sentencia em uma de suas mais belas metáforas – A medida da vida: sempre as páginas do relógio –, é o tempo subjetivo, tempo-memória, e a memória é fogo-fátuo na sua poesia, como sintetiza o texto Pescar Lembranças.
Mas, sobretudo, a autora se deixa lambuzar na sua viva poética, o que é louvável a quem se caminha pelas vias desta arte. Sua poesia está toda impregnada de si e vice-versa. Expressa-se na metáfora do espelho.

“Sou um corpo sem pele
Que arde sem chama
– e isso não aparece no espelho”.

Dona de um Verso urgente, a poetisa aspira tocar o vazio. Desenha no vazio com a ponta do dedo um anel e o calça. Assimila o sentido do não-ser e quer nos dizer desta experiência. Mas, não havendo recursos para traduzi-lo, ela busca sentido no sentido.
“Deus sentiu e criou. Ela sentiu e fez-se. E quanto mais sentia mais nascia para si própria, mais era mundo, mais era conceito de tudo e de nada. Sentia em sua pele, em cada poro, arrepios de existência.”
O não-ser, em Peregrinações, não se apresenta como ocaso da vida. E sim, como o não estar contido neste corpo “que pesa e que, por isso, existe”. A poesia quer transcender os sentidos e expressar a verdade da alma.
“Deito-me na rede e posso sentir o meu próprio peso. Não o peso da minha matéria, que é pouca. É meu peso de verdade, ele se espalha sobre mim e fica aqui, latejando.”
A poesia de Samantha é como a lótus que brota do lodo dos temas apresentados e se abre na exuberância do seu estilo arrebatador.
Aprecie ao som de som de Philip Glass e um bom vinho.

“Brindemos…
E que os nossos corações nunca se calem.”

Jorginho Quadros – poeta, contador de histórias, autor de Conspiração do Verbo

______________________________________________________

Autorretrato aos 25 anos

Carrego eternidades dentro de mim.
Milhões de astros circulam em meu sangue.
Os tempos se confundem
O agora se torna ontem cada vez que fecho os olhos.

Falta-me espaço dentro do corpo,
Então eu me derramo em palavras inauditas.
Alguém as lê?
Fui toda silêncio, um silêncio estrondoso…
Até que explodi:
Tornei-me estilhaços espalhados em cadernos velhos
E em letras de garranchos.

Quantas vezes eu morri?
Quantas vezes transmutei?
Quantas vezes tive que ir embora de mim mesma?
Quantas vezes amei?
Quando me tornei?
Eu sou a cada instante.
Eu sou cada instante.
E rumo ao não-tempo
Eu sigo a escavar-me.

______________________________________________________

A medida da vida: sempre as páginas do relógio

A medida da vida: sempre as páginas do relógio. A cada palavra concebida, meu passado se desgasta em um futuro imediato e inevitável. Eu vou acrescentando dias a minha permanência em cada página que eu escrevo, eu sei que isso só me torna efêmera em corpo, as palavras me envelhecem. Vou morrendo em cada linha. Vou pingando letra por letra, como uma chuva que vem de mansinho. Tão logo as rugas hão de aparecer e meus cabelos ganharão o tom das nuvens de inverno, meus olhos vão ficar cansados e enxergarei tudo como numa constante pintura impressionista, mas eu não tenho medo do tempo que me há de consumir. Quero sentir cada toque do tempo, quero ver cada movimento do meu devir. Eu me eternizo em minhas linhas, mesmo em silêncio, mesmo que as páginas do que um dia foi meu além-corpo sejam esquecidas. Não tenho medo de que me esqueçam, às vezes até gosto de não ser notada, de não ser percebida pelo olhar alheio. O meu verdadeiro medo é de esquecer a mim mesma, de não poder ouvir a voz que há por dentro. Minha vida se mede pelos barulhos, sabores, cores, cheiros e tremores que me fazem sentir em corpo vivo e vivente, que mais do que carne, é um corpo escrito em uma caligrafia quase indecifrável, mas que é tão minha que é como se fosse o que há por dentro e que se diz ser o que sou.

***

As páginas são como estradas, pousadas, as palavras que nelas escrevo são meus rastros. Algumas vezes essas páginas se tornam endereços estranhos, momentos onde um eu-presente não gostaria de ter estado. Memórias-estradas-latejantes. Eu fecho os cadernos e guardo as chaves comigo porque às vezes é preciso abrir as portas antigas e, às vezes, elas emperram e só se abrem com o meu grito sem voz. Outras vezes essas mesmas e outras portas se abrem sozinhas como se o vento folheasse meus cadernos. E eu penetro estas estradas, elas vão se alargando a cada passo até se tornarem desertos de inomináveis areias.

***

A medida da vida: sempre as páginas do relógio. Os ponteiros se esquecem do tempo.

______________________________________________________

fotografia de samantha

Samantha de Sousa nasceu em Caxias-MA, mas viveu por 20 anos em Paragominas-PA e atualmente pode ser encontrada na cidade de Igarapé-açu, onde leciona no Instituto IEPA. Formou-se em Letras em 2011, é pós graduada em Psicopedagogia e está concluindo o mestrado em Estudos Literários. Começou a escrever como uma forma de autoanálise, autoafirmação e autodestruição, hoje a literatura faz parte de sua vida em todos os segmentos. Já publicou em algumas coletâneas, inclusive pela Editora LiteraCidade, entretanto, Peregrinações é seu primeiro voo solo. A autora também pode ser encontrada nos blogs umcafeparaminhagastrite.blogspot.com e the-darkdreams.blogspot.com.

______________________________________________________

Anuario da Poesia Paraense – 2015

anuario 1a

Com o objetivo de divulgação dos poetas paraenses estamos criando o projeto do I ANUÁRIO DA POESIA PARAENSE – 2015, que visa promover o acesso à leitura, à promoção do livro e a divulgação da literatura paraense, com A PUBLICAÇÃO de uma antologia anual, traçando assim um panorama da produção poética do Pará desse tempo e, que é livre a participação de poetas, nascidos ou residentes no Estado do Pará.

A CAPA DO LIVRO:

A proposta para a capa será direcionada diretamente a homenagear os artistas das artes plásticas, sendo escolhido anualmente pelo organizador do I ANUÁRIO DA POESIA PARAENSE- 2015, o poeta Airton Souza, um artista paraense para a produção da imagem de capa, como forma de homenagear e divulgar as artes plásticas paraenses.

Para este ano foi escolhida Eleni Tenório .

Regulamento

1.1 A publicação do I ANUÁRIO DA POESIA PARAENSE- 2015, tem por objetivo registrar (livro impresso) o momento atual da POESIA PARAENSE. Portanto, um projeto aberto a todos os autores residentes no Pará ou mesmo que nasceu no Estado do Pará, mas que hoje se encontram radicados em outras federações;

1.2 Para participação no I ANUÁRIO DA POESIA PARAENSE – 2015 poderão participar poetas maiores de 18 anos, sem restrições ao sexo, raça, credo religioso ou opção política. Desde que os poemas não contenham qualquer cunho que promovam o preconceito a qualquer natureza especificada acima ou mesmo outras afins;

1. 3 Não serão aceitos poemas que possam causar danos a terceiros, seja através de difamações, injúrias ou calúnias, danos materiais e/ou danos morais; que ofendam a liberdade das crenças e as religiões; que contenham dados ou informações racistas ou discriminatórias; que tenham a intenção de divulgar produtos ou serviços alheios aos objetivos do I ANUÁRIO DA POESIA PARAENSE- 2015 ou que tenham qualquer finalidade comercial; ou que façam propaganda eleitoral ou divulguem opinião favorável ou contrária a partidos ou candidatos;

1. 4 Cada participante selecionado terá direito a 02 (duas) páginas no I ANUÁRIO DA POESIA PARAENSE- 2015, ambas para a publicação dos poemas e no rodapé de uma delas uma mini biografia, com no máximo 5 linhas; Veja as páginas modelo aqui e aqui.

1.5 Quanto aos poemas inscritos não há obrigatoriedade de ineditismo;

1.6 Para participar, o autor deve enviar o(s) poema(s) e a mini biografia para o seguinte email: poesiaparaense@gmail.com, precedidos do título ou mesmo sem títulos, passando a ser considerado como título o primeiro verso do(s) poema(s), com a configuração livre e em um único documento word.

1.7 As inscrições ficarão abertas do dia 27 de julho até às 00:00 de 30 de agosto de 2015.

1.8 A formatação mínima dos exemplares: livro impresso em formato 14×21, papel pólen, 80 gramas, capa em papel supremo 250 laminação fosca acabamento costurado. Quantidades de páginas a ser definida.

1.9 A Editora Literacidade se responsabilizará pelo processo editorial e gráfico da publicação: diagramação, ficha catalográfica, obtenção de ISBN, envio de exemplares para depósito legal. A Editora fará publicação do anuário em tiragem ampla com impressões realizadas conforme a demanda dos próprios autores e vendas em sua livraria virtual com preço a ser fixado após o processo de editoração. Opcionalmente a Editora poderá imprimir exemplares em formatação superior a fim de atender a demanda dos autores e necessidades editoriais específicas.

2.0 Os autores participantes do I ANUÁRIO DA POESIA PARAENSE- 2015 poderão organizar lançamentos em suas cidades, individual ou coletivamente.

2.1 Ao enviar os textos os autores aceitam esse Regulamento, autorizando a publicação de seus textos inscritos no I ANUÁRIO DA POESIA PARAENSE- 2015, cedendo os direitos autorais para a publicação e também responsabilizando-se pela autenticidade do(s) poema(s) inscrito(s), ainda por quaisquer eventuais questão ligado ao mesmo. Sendo que os autores devem realizar OBRIGATORIAMENTE a aquisição de dois exemplares do I ANUÁRIO DA POESIA PARAENSE- 2015, no valor simbólico de R$ 15,00 (cada unidade) e mais o pagamento de R$ 10,00 como taxa de envio dos livros para seu endereço, somando-se assim o custo de R$ 40,00, o que lhe dará DIREITO A DOIS EXEMPLARES DO I ANUÁRIO DA POESIA PARAENSE.
Esse valor de R$ 40,00, que garante a participação do autor inscrito deve ser depositado até o dia 10 de setembro de 2015 na seguinte conta bancária:

Banco do Brasil
Conta Poupança
Agência: 8566-9
Conta: 77.565-7
Variação: 51
Nome Airton Souza
CPF: 737 410 512 68

2.1 Para a efetivação das inscrições os autores devem preencher a ficha de inscrição em anexo neste convite com os seguintes dados: Nome do autor (pode ser o artístico), RG, Endereço completo (com CEP), Data de nascimento e Profissão, bem como, uma mini biografia de 5 (cinco) linhas no máximo, email, seguir todas as instruções deste regulamento e o CRONOGRAMA DO I ANUÁRIO DA POESIA PARAENSE- 2015.

Esta seletiva não distribui troféus, prêmios, diplomas, ou quaisquer outros tipos de premiações simbólicas. É necessário o envio dos dados do comprovante de pagamento para o email informado acima.
Cronograma do I ANUÁRIO DA POESIA PARAENSE- 2015

Organização: Airton Souza
Poeta, Professor, Ativista cultural, autor de 16 livros de poemas e membro de diversas instituições literárias e organizador do Projeto ANUÁRIO DA POESIA PARAENSE
PROMOÇÃO E PARCERIA EDITORA LITERACIDADE

Concurso Literário Metacantos 2015 – Poemas

11695022_121553838183029_5240297829747468326_n

Concurso Literário Metacantos 2015 – Poemas

Tema: necessariamente versar sobre a arte de escrever poemas, ou seja, meta-poéticos ou metalinguísticos.
Inscrições até dia 20 de agosto de 2015 – Via email

Diretrizes

1. Gerais:
* Podem participar autores que escrevem em língua portuguesa, residentes em quaisquer países de língua portuguesa, devendo enviar poemas sob pseudônimo.
* Os poemas não precisam ser inéditos, porém não podem ter sido premiados em outro certame (mesmo como destaque) até a data limite da inscrição.
* Cada autor pode enviar tres poemas na mesma inscrição. (editado em 10-08)
* As inscrições são gratuitas.
* Formatação dos textos: * Cada poema deve ser enviado em um arquivo diferente do word em A4, margens 2,0×2,0×2,0×2,0, fonte Arial ou Calibri, tamanho 12, entrelinhas 1,5, com o pseudônimo do autor logo a baixo do titulo. Os poemas nao podem ter mais de 40 linhas contando as linhas entre estrofes.
* Inscrições até o dia 20 de agosto de 2015, 23:59 (hora de Brasília);
* Todas as inscrições serão recebidas unicamente por email. Escrever no assunto “Metacantos2015”. Endereço: editoraliteracidade@uol.com.br.
* Todo o material da inscrição deve ser enviado num mesmo email juntamente com a ficha de inscrição. Autores que enviarem em emails diferentes textos e ficha de inscrição poderão ter seus trabalhos não avaliados.
* No ato da inscrição, os autores deverão ceder os direitos autorais dos textos para quaisquer produtos relativos a este certame, bem como se responsabiliza pela autoria dos textos inscritos e por quaisquer outras acusações que se fizerem sobre o mesmo, como racismo, xenofobia…

2. Premiação:
1º Lugar: Publicação do poema selecionado no livro intitulado Meta-Cantos 2015. 8 (oito) exemplares. 3 (três) livros cortesias da editora (a nossa escolha). Certificado digital.
2º Lugar: Publicação do poema selecionado no livro intitulado Meta-Cantos 2015. 7 (sete) exemplares. 2 (dois) livros cortesias da editora (a nossa escolha). Certificado digital.
3º Lugar: Publicação do poema selecionado no livro intitulado Meta-Cantos 2015. 5 (cinco) exemplares. 2 (dois) livros cortesias da editora (a nossa escolha). Certificado digital.
4º Lugar: Publicação do poema selecionado no livro intitulado Meta-Cantos 2015. 3 (três) exemplares. 1 (um) livros cortesias da editora (a nossa escolha). Certificado digital.
5º Lugar: Publicação do poema selecionado no livro intitulado Meta-Cantos 2015. 3 (três) exemplares. 1 (um) livros cortesias da editora (a nossa escolha). Certificado digital.
Menções honrosas (em quantidade ainda a ser definida a depender da quantidade de inscritos): Publicação do poema selecionado no livro intitulado Meta-Cantos 2015. 1 (um) exemplares. Certificado digital.
Menções especiais (em quantidade ainda a ser definida a depender da quantidade de inscritos): Publicação do poema selecionado no livro intitulado Meta-Cantos 2015. 1 (um) exemplares. Certificado digital.
Destaques especiais (em quantidade ainda a ser definida a depender da quantidade de inscritos): Publicação do poema selecionado no livro intitulado Meta-Cantos 2015. 1 (um) exemplares. Certificado digital.

Observações gerais:
* Download da ficha de inscrição;
* Não haverá convite para publicação cooperativada para o livro objeto deste concurso.
* Antes das publicações os autores poderão receber provas de páginas em *.pdf para retificações necessárias;
* Após a distribuição aos autores, os exemplares remanescentes serão colocados à venda, o autor não fará jus a direitos autorais nem comissão de venda, pois o mesmo liberou os direitos de publicação no ato da inscrição. Entretanto, poderá adquirir exemplares com desconto estipulado conforme a quantidade de exemplares desejada.
* Todos os livros terão ficha catalográfica, registro de ISBN e envio de depósito legal para a Biblioteca Nacional;
* A comissão julgadora será formada por membros de nossa equipe editorial e por outras pessoas convidadas que tenham relação com universo das artes e da literatura.
* O resultado será amplamente divulgado no site da editora: http://www.literacidade.com.br, e/ou em nossa página no facebook: http://www.fb.com/editoraliteracidade até fins de setembro/2015.
* Informações e inscrições pelo email: editoraliteracidade@uol.com.br ou editoraliteracidade@gmail.com.
* Os casos omissões serão resolvidos oportunamente pela Editora.
* A editora custeará a postagem apenas dos primeiros colocados. Autores com menção honrosa, menção especial ou destaque especial deverão custear as postagens dos seus exemplares após o recebimento dos mesmos.
* As inscrições recebidas serão confirmadas por email em até uma semana após o recebimento.
* As inscrições poderão ser prorrogadas a critério da editora conforme demanda tempestivamente recebida.

Visite nossa página no Facebook: http://www.fb.com/editoraliteracidade
Conheça nossos autores em nossa Livraria virtual: http://www.literabooks.com.br

Editora LiteraCidade

Ficha de inscrio metacantos.doc

proposta venda de exemplares

Proposta de disponibilização de exemplares para venda em livraria virtual

Temos percebido que a maioria dos leitores de autores que estão iniciando ou mesmo de autores já na estrada há um bom tempo mas fora das grandes edioras revelam o desejo de adquirir exemplares diretamente dos autores. Principalmente porque desejam o exemplar autografado.

Então… resolvemos criar um espaço para que autores possam disponibilizar seus exemplares para venda e possam eles mesmos evetuar as postagens de seus exemplares para seus leitores, amigos, familiares, colegas de trabalho ou faculdade.

Assim nasceu a Livraria DOPROPRIOAUTOR, onde leitores compram exemplares e autores os enviam autografados ou não.

Como funciona?

O leitor efetua a compra (através dos meios disponíveis, cartão de crédito ou depósito bancário), a livraria informa ao autor, que envia o exemplar para o leitor. A livraria recebe os valores, retira sua comissão padrão de 40% do valor de capa (a mesma adotada em todas as livrarias físicas ou virtuais) e repassa os valores para o autor num prazo determinado em contrato. Para livros publicados pela Editora LiteraCidade a comissão será de 27%.

Para mais informações, escreva para editoraliteracidade@uol.com.br

Lene Sousa

Release Luis Fernando Amancio

Release do Livro de
Luis Fernando Amâncio
ReleaseLFAmancio.pdf