Metacantos 2015 – 3 lugar

Concurso literário Metacantos – 3º Lugar
Entre o céu e o mar
José Vicente Neto – Pratápolis-MG

Qualquer dia
capto num verso
uma rima
e poeto-lhe a métrica
de sua alma em movimento!

Nesse momento
arrebato-lhe num poema
no vazio
escreveremos o céu
com nossas asas leves! (ao vento!)

Lá no infinito
entre o céu e o mar
há de acontecer
a alquimia
e nascerá a poesia.

Metacantos 2015 – 4 lugar

Concurso Literário Metacantos 2015 – 4º lugar

Icarus
Girotto Brito – Bragança – PA

Eis que de tanto sonhar
Em voar, tornei-me pó-
eta
Criei asas
Nada-
de-
iras
Entrei para a classe seleta
Das chocadeiras
Dos ovos
De ouro

E nos des-
dobra-
mentos
— da escrita —
Choquei tesouros!

Como Ícaro,
Alço voo
Com asas de cera

Como ver(-)me,
As asas derretem
Ao tocar na fogueira.

metacantos 2015 – 5 lugar

Concurso Literário Metacantos – 2015 – 5º lugar

Mutilação
Lauro Neto – Bauru – SP

Deslizo ao abrigo da palavra
sob o olhar atento
de um oráculo mudo
evocando catástrofes
como semeadura deste ponto
da ponte em travessia estandarte.
Geminam palavrárvores no meu peito
e volto à minha casa mais possível.
O teto que habito não me moro,
protege as cabeças dos perigos do chão.
Preciso florescer.
As ruínas asfixiam os canteiros centrais
e sinto um toco mutilado
de tempo, em atraso
em atraso.
Saio disforme,
distorcida e quântica
Como aves desarvoradas
voando de cabeça para baixo.
Tenho o céu como abismo.
Oráculos não mentem,
mesmo quando mudos.
Mesmo quando coisa.
Mesmo.

Metacantos 2015 – Resultado

Concurso Literário MetaCantos 2015

Antes de mais nada nossos agradecimentos a Comissão avaliadora formada por: Aline Pinheiro, Katyane Miranda, Lorena Penalva e Samantha de Sousa, que toparam o desafio de fazer a leitura dos poemas enviados para a seleção.

Nosso agradecimento também a todos os 327 autores que enviaram poemas para o certame, bem como para todos os quase 500 (não saberia dizer o número exato) que nos escreveram em algum momento solicitando informações sobre o concurso.

Resultado Final

1º Lugar – “Bordado” – Gabriel Percegona – Curitiba – PR
2º Lugar – “Corte e cesura” – Maria de Fátima de Barros Neves – Camaragibe-PE
3º Lugar – “Entre o céu e o mar” – José Vicente Neto – Pratápolis-MG
4º Lugar – “Ikarus” – Girotto Brito – Bragança – PA
5º Lugar – “Mutilação” – Lauro Neto – Bauru – SP

6 º Lugar –
“A liberdade poética” – Davi Brito Melo – Vitória da Conquista – BA
“Amarcord” – Renato Torres – Belém – PA
“LEMINSKIANO” – Amelia Marcionila Raposo da Luz – Pirapetinga – MG
“na palavra entro” – Airton Souza – Marabá – PA
“O haicai” – Flávio Gabriel Capinzaiki Ottonicar – Santa Terezinha Gália – SP

Menções Honrosas

“a fé dos versos” – Joana Mieres Valente – Paranaguá – PR
“artesão” – Cynthia Lopes – Rio de Janeiro – RJ
“cantata” – Luísa Nangi – Luísa Silva Nangi dos Santos – Uberaba – MG
“eu e o papel” – Raldianny Pereira dos Santos – Recife – PE
“Funâmbula escrita” – Samantha Nascimento da Silva – São Paulo – SP
“galos da manhã” – Natan Schmitz Kremer – Antonio Carlos – SC
“Inspiração” – Ana Luiza Figueiredo – Niterói – RJ
“Menos Prosa… ” – Fred Rocha – São Gonçalo – RJ
“Metapoema” – João Alberto Roque – Portugal
“o fazer poético” – Edweine Loureiro – Manaus – AM
“o poeta em nova iorque” – Eliana Machado – São Paulo – SP
“Pincel” – Brunno Vianna de Andrade – Rio de Janeiro – RJ
“poema de areia” – Gustavo Rückert – Porto Alegre – RS
“poema metafisica do poema” – Manoel Neto de Sousa – Salitre – CE
“Poema vita est” – Carolina de Abreu – Manaus – AM
“Quadro Poético” – Elys Regina – Indaial – SC
“Queria Ter Escrito” – Milton Anauate – Brasília – DF
“Rasura” – Weslley Almeida – Feira de Santana – BA
“Salmão” – Eduardo Laurent – Porto Alegre – RS
“sol de agosto” – Jacqueline Salgado – Bauru – SP

Menções Especiais

“A chuva de Murilo Mendes” – Lia Beraldo – Campinas – SP
“A luta com as palavras” – Aurineide Alencar – Dourados – MS
“As rimas do amor” – Vicência Jaguaribe – Fortaleza – CE
“bendita poesia” – Dora Oliveira – Ipatinga – MG
“boca seca” – Henrique Natividade – Peruíbe – SP
“Enquanto” – Sergio Almeida – Niteroi – RJ
“essa palavra” – Lucas Grosso – São Paulo – SP
“facetas” – Eliana Ruiz Jimenez – Balneário Camboriú – SC
“impoesia” – Edimo Ginot – Goiânia – GO
“licença, poeta! ” – Vigna Lima – Camaçari – BA
“O bêbado e o poeta” – Gabriella Damasceno – Ourilândia do Norte – PA
“ofício” – André Galvão – Amargosa – BA
“palavra em fuga” – Zaine Siani – Campinas – SP
“Pertinácia” – Guilherme Ferreira Aniceto – Itajubá – MG
“plenitude da vida” – Rodrigo Antonio – Piratininga – SP
“Poema” – Rita de Cássia da Silva – Belém – PA
“teoria” – Gerson Clayton Rodrigues dos Santos – Itaquaquecetuba – SP
“versos triviais” – Luciano Gonçalves Ribeiro – Curuça – BA
“Vida que me escreve” – Mafalda Moreira – Belo Horizonte – MG
“Vôo em versos livres” – Fernando Gurgel – Sobradinho – DF

Destaques especiais

“ (con)versar” – Rodrigo Araújo e Castro – Sete Lagoas – MG
“Coração Artificial” – Thiago de Souza Oliveira – Trindade – GO
“cordel encantador” – Ruth Hellmann – Dourados – MS
“Declaração de princípios” – Flavio Machado – Cabo Frio – RJ
“Distintivo Emocional” – Edison Gil – Sorocaba – SP
“do (meu) poema” – Abneas Junior – Capanema – PA
“Dom e fruto” – Selma Silva de Oliveira – São José do Rio Preto – SP
“Eu queria escrever os versos mais tristes esta noite” – Tales Jaloretto – Mauá – SP
“fantoche” – Solange Firmino de Souza – Rio de Janeiro – RJ
“Meu Quintal Poético” – Josué Ebenézer – Nova Friburgo – RJ
“Moinho poético” – Carlos Brunno S. Barbosa – Valença – RJ
“Novo” – Daniel Berbert – Búzios – RJ
“O caminho da poesia” – Alana Regina – Três Lagoas – MS
“O POEMA, O QUE É? ” – Aldo Moraes – Londrina – PR
“O Rouxinol, a Rosa e o Poeta” – Edu Londe – Jaboticabal – SP
“o último poema” – Natália Vale – Portugal
“Pescando poesias” – Anderson Barbosa – Suzano – SP
“poesia ridicula” – Marcelo Maio Coelho – Rio de Janeiro – RJ
“Somos Todos poetas” – Adriana Pavani – Barra Bonita – SP
“Um poema” – Maria de Fátima Esteves Martins – Coimbra – PT

Destaques

“A pena do Poeta” – Tatiana Alves – Rio de Janeiro – RJ
“apenas poema” – Helio Baragatti – Inhumas – GO
“caos” – Renata Alves – Tabatinga – SP
“conto poema” – Lecy Pereira de Sousa – Contagem – MG
“disfunção poétil” – Pedro Melo – União da Vitória – PR
“Eu e a poesia” – Elissa Iuno – Selma Lúcia Souza Sena – Belém – PA
“fluido” – Bruno Ramalho – Brasília – DF
“impostura” – Vivian de Moraes – – Araraquara – SP
“Metalinguagem” – Victor Ramos – João Pessoa – PB
“Metalinguagem” – Vinícius Augusto Ribeiro Caldas – Belo Horizonte – MG
“O Soco do Poema” – JM della Rosa – Monte Mór – SP
“parto poético” – Maria Angela Alvares Cacioli – Santo André – SP
“poeminha safado” – Geraldo Trombin – Americana – SP
“receita pra fazer poema” – Alvaro Posselt – Curitiba – PR
“Reflexões sobre o ser do poeta” – Simião Mendes Júnior – Brasília – DF
“simplicidade” – Felipe Soares Miranda – São Paulo – SP
“sobre tudo o que gera poema” – Caroline Policarpo Veloso – São Paulo – SP
“Tentativa de poema” – André Kondo – Jundiaí – SP
“Versos loves” – Ana Meireles – Belém – PA

Indicação de Publicação

“A difícil poesia simples” – Paulo Cezar Tórtora – Rio de Janeiro – RJ
“a invocação” – Vinícius Costa – Banzaê – BA
“ave poesia” – Dia Favacho – Belém – PA
“continuação” – Victor Canti – Rafael Cavalcanti Braga – São Bernardo do Campo – SP
“convulsão poética” – Rossandro Laurindo – São Paulo – SP
“donde” – José Humberto Fagundes – Brasília – DF
“escrever… Escrever… ” – Adroaldo Oliveira Torrel – Sobradinho – RS
“instinto” – Glecia Sousa – Marabá – PA
“Minha canção de amor” – Eloah Westphalen Naschenweng – Florianópolis – SC
“O nascer de um poema” – João Alberto de Faria e Araújo – Joinville – SC
“o vício” – Giordana Bonifácio – Brasília – DF
“Pão, poesia, água e ar” – Andre Luis Soares – Guarapari – ES
“poesia perfeita” – Denivaldo Piaia – Campinas – SP
“um verso apenas” – Rosana Silva – Arcos – MG

Todos os poemas serão publicados no livro Metacantos – 2015.
Quaisquer dúvida, pedimos a gentileza de perguntar unicamente pelo email da editora. O mesmo usado para enviar os poemas para inscrição.

Cantos ao Natal

Cantos ao Natal – Diretrizes

Temática: Natal ou renovação da vida

Quem pode participar: poetas que escrevam em língua portuguesa. Residentes fora do Brasil devem indicar um endereço no Brasil para remessa de exemplares.
Tamanho do poema: até dois poemas 30 linhas contando as linhas entre estrofes.

((( Quando: prazo estendido até 10 de outubro. )))

Como: por email editoraliteracidade@uol.com.br.
Ficha de inscrição: aqui.
Breve informação biográfica: não, veja no modelo que está na ficha de inscrição.
Taxa para envio: nenhum, mas se aprovado o autor deverá custear R$ 25,00 para envio de 5 exemplares via correios.
Formato da publicação: singela, pequena, leve… para funcionar como cartão de fim de ano. ~11×18. 24 páginas.
ISBN e ficha cataográfica: SIM e SIM.
E as cores: a cada 20 poemas de 20 autores, um livrinho de uma cor, sem direito a escolha.
Dois poemas de mesmo autor: sim, mas em dois livrinhos diferentes, com dois valores igualmente diferentes.
Serão vendidos na livraria: sim, mas a ideia é transformá-los em brindes da editora.
Autores tem desconto e podem adquirir mais: sim e sim.
Posso divulgar: até por telefone e gritos na janela.
Posso fazer meu livrinho com meus vinte poemas: sim.
O que não pode, se quase tudo foi sim: não pode ficar de fora…

cantos ao natal laranja cantos ao natal púrpura cantos ao natal verde cantos ao natal vermelho cantos ao natal branco cantos ao natal azul

Veredas de Versos (antologia poética)

veredas de versos capa provisória

Antologia poética – veredas de versos
Organização Airton Souza
Inscrições até: 05 de Novembro de 2015

Apresentação: Com o objetivo de congregar poetas de língua portuguesa desejosos de mostrar sua produção poético-literária e promover o acesso à leitura de suas obras é que estamos organizando esta antologia literária para textos em verso.

Diretrizes: Podem participar poetas que escrevem em língua portuguesa residentes em qualquer lugar do Brasil ou mesmo do exterior, que tenham mais de 18 anos, sem restrições ao sexo, raça, credo religioso ou opção política. Desde que os poemas não contenham qualquer cunho que promovam o preconceito a qualquer natureza especificada acima ou mesmo outras afins.
Serão entre 30 e 56 vagas, caso sejam enviados trabalhos que ultrapassem as 56 participações, serão publicados dois volumes (com quantidade igual de autores em cada um dos volumes) dos quais o autor receberá apenas os exemplares do volume a que estiver participando.
Caso ultrapassemos a quantidade de vaga indicada, os autores participantes não estão garantidos no volume 01 da antologia, mas podem adquirir cota de participação de modo a garantir presença nos dois volumes.
São duas possibilidades de participação:
opção 1) R$ 130,00 (no cartão) ou R$ 120,00 (depósito),
3 exemplares, 6 páginas, frete ou postagem à parte.
opção 2) R$ 230,00 (no cartão) ou R$ 220,00 (depósito),
6 exemplares, 10 páginas, frete ou postagem à parte.

A primeira página será destinada exclusivamente para indicação do nome do autor, títulos dos poemas e breve biografia como no modelo.
Cada página comporta um poema com até 35 linhas (contando os versos entre as linhas, excluindo o título).
O livro será impresso pela Editora LiteraCidade e terá o mínimo 180 páginas e o máximo indefinido. Após o fechamento do livro os autores poderão adquirir exemplares adicionais, quando só então será definido o preço de capa da edição e também o valor da postagem.
Os poemas a serem enviados não precisam ser inéditos e a temática é livre. Entretanto, não serão aceitos poemas que possam causar danos a terceiros, seja através de difamações, injúrias ou calúnias, danos materiais e/ou danos morais; que ofendam a liberdade das crenças e as religiões; que contenham dados ou informações racistas ou discriminatórias; que tenham a intenção de divulgar produtos ou serviços.

Para participar, o autor deve enviar o(s) poema(s) e a breve biografia para o seguinte email: poesiaagora01@gmail.com, precedidos do título ou mesmo sem títulos, passando a ser considerado como título o primeiro verso do(s) poema(s), com a configuração livre e em um único documento word.

A recepção de poemas ficará aberta até às 00:00 de 05 de Novembro de 2015.

A formatação mínima dos exemplares: livro impresso em formato 16×23, papel pólen, 80 gramas, capa em papel supremo 250 laminação fosca acabamento costurado. Quantidades de páginas a ser definida conforme a quantidade de poetas inscritos conforme as opções indicadas.
A Editora Literacidade se responsabilizará pelo processo editorial e gráfico da publicação: diagramação, ficha catalográfica, obtenção de ISBN, envio de exemplares para depósito legal. A Editora fará publicação da antologia “Verdades de versos” em tiragem ampla com impressões realizadas conforme a demanda dos próprios autores e vendas em sua livraria virtual com preço a ser fixado após o processo de editoração. Opcionalmente a Editora poderá imprimir exemplares em formatação superior a fim de atender a demanda dos autores e necessidades editoriais específicas.
Ao enviar os textos os autores aceitam as diretrizes aqui apresentadas, autorizando a publicação de seus textos inscritos serem publicados na antologia VEREDAS DE VERSOS, comprometendo-se a cobrir os custos de postagem junto a editora, cedendo os direitos autorais para a publicação e também responsabilizando-se pela autenticidade do(s) poema(s) inscrito(s), ainda por quaisquer eventuais questões ligadas ao mesmo.
O valor da inscrição conforme a opção escolhida pelo autor-participante deve ser depositada em:

Banco do Brasil
Conta Poupança
Agência: 8566-9
Conta: 77.565-7
Variação: 51
Nome Airton Souza
CPF: 737.410.512-68

Para a efetivação das inscrições os autores devem preencher a ficha de inscrição em anexo neste convite com os seguintes dados: Nome do autor (pode ser o artístico), RG, Endereço completo (com CEP), Data de nascimento e Profissão, bem como, a breve biografia com até 1200 caracteres com espaço.
Esta seletiva não distribui troféus, prêmios, diplomas, ou quaisquer outros tipos de premiações simbólicas. É necessário o envio dos dados do comprovante de pagamento para o email informado acima.
O cronograma da publicação será enviado aos autores tão logo sejam encerradas as inscrições.

Organização: Airton Souza – Poeta, Professor, Ativista cultural, autor de mais de 16 livros de poemas, alguns prêmios de poesia como o Dalcídio Jurandir da SECULT-PA e membro de diversas instituições literárias e organizador do Projeto ANUÁRIO DA POESIA PARAENSE entre outras ações de incentivo à leitura, ao livro e à literatura, principalmente na mesorregião do Sudeste Paraense, também conhecida como mesorregião do Carajás, na Amazônia Brasileira.

Concepção da capa feita a partir do quadro “Intricado” cuja imagem foi gentilmente cedida por Mauricio Antonio V. Duarte especialmente para esta publicação

PARCERIA EDITORA LITERACIDADE