Entrevista com Márcia Abath, 2º lugar no Prêmio LiteraCidade 2013-Poesia, na categoria ‘livro completo’ com os originais de ‘Molho de Letras’.

Márcia Abath – Poeta de Niterói/RJ, formada em Relações Públicas, Publicidade e Propaganda pela FACHA/RJ. Começou na escrita por conta da faculdade, redigindo textos institucionais, comerciais, divulgação de eventos culturais. A poesia, sempre, como fonte única de lazer e prazer. Forma pessoal e íntima. Também alguns ensaios, pequenos contos e crônicas. Só nos últimos anos anos resolveu revelar seus poemas publicamente. Publicou Arqueio – ensaio poético contemporâneo (poesia, Ed. All Print, 2013). Ainda em 2013 publicou poemas da série “Carvoeiros” (Germina Revista de Literatura e Arte – dezembro de 2013 – ano VIX – edição 35).

Editora LiteraCidade – Márcia, conte-nos como foi seus primeiros contatos com a poesia. Quais os primeiros autores que você leu e quais as primeiras produções suas?
Márcia Abath
– Meu primeiro contato com a poesia se deu ainda muito jovem. Minha mãe adorava música, fazia todo o serviço de casa ao som de diversos cantores(as), entre eles, Maria Bethânia que já declamava Pessoa. Daí, Fernando Pessoa ser meu grande mestre e progenitor no universo poético. Ainda nem lia poesia, mas já declamava Pessoa. Minhas primeiras produções foram como adolescente, na poesia colocava meus contraditórios sentimentos cabíveis e incabíveis, muito próprios dessa fase da vida.

Editora LiteraCidade – Temos percebido que você vem com frequência publicando poemas em seu perfil do facebook. Como você avalia a proliferação lírica quase banalizante da arte literária nas redes sociais?
Márcia Abath – É verdade, publico um pouco do que escrevo no facebook. Prefiro encarar essa proliferação lírica e um tanto banalizante como algo benéfico à poesia. De qualidade ou não, ao menos, lemos, discutimos, falamos de poesia. Considero muito bom, espalhar poesia. Faz com que as pessoas fiquem cientes e despertem. A poesia é viva e necessária.

Editora LiteraCidade – Além da poesia você escreve outros gêneros literários? Escreve contos, crônicas…
Márcia Abath – Sim, escrevo algumas crônicas e pequenos contos. Mas gosto mesmo é de poetar.

Editora LiteraCidade – Os poemas que integram o Molho de Letras (2º Lugar no Prêmio LiteraCidade 2013-Poesia) já estavam organizados em forma de livro ou você os escolheu dentre sua produção a fim de enviar para o certame?
Márcia Abath – Grande parte dos poemas já estavam escritos, só uns 20% escrevi especificamente para participar do concurso. Depois foi só organiza-los em forma de livro.

Editora LiteraCidade – Você poderia nos apontar influências literárias em sua produção poética?
Márcia Abath – Muitas influências!!! Vou citar as que considero mais fortes. Paulo Leminski, Cecília Meireles, Drummond, Augusto de Campos, Pessoa e suas pessoas e outros tantos que nem caberiam aqui …
Sou uma boa colcha de retalhos, costumo dizer isso de mim, …rsrs

Editora LiteraCidade – Você costuma participar de concursos literários? Com que frequência você tem participado e quais critérios você adota para decidir-se participar de um determinado certame?
Márcia Abath – Adoro participar de concursos literários, é uma forma de por à prova, gosto de desafios. Como critério adoto a confiabilidade no certame e ser tema livre. Não gosto de fazer nada por encomenda, tira minha liberdade de emoção. Escrevo no impulso do momento de minhas emoções.

Editora LiteraCidade – Como chegou até nós? Já havia ouvido falar do trabalho que temos desenvolvido?
Márcia Abath – Simples! Passeando pelo facebook os descobri, pesquisei, acreditei e aproveitei a oportunidade do certame.

Editora LiteraCidade – Como foi sua reação ao receber o comunicado de sua premiação em nosso certame?
Márcia Abath – Estava na casa da minha cunhada quando soube do resultado. Fiquei super feliz!!! Mais feliz ainda em ver a felicidade dos amigos, filho e outros familiares por mim. Teve um sabor incrível essa notícia. Meu primeiro certame de livro de poemas e sou premiada. Bom demais!

Editora LiteraCidade – Você tem outros livros inéditos? Ou algum projeto novo em andamento para 2014? Fale-nos sobre seus planos para o futuro.
Márcia Abath – Em novembro do ano passado publiquei “Arqueio” pela Ed. All Print , também me deu um resultado muito positivo, muita felicidade e realização. Para este ano já tenho um novo livro em construção.
Ah, tenho ainda resultados para receber de alguns concursos que me inscrevi com poesias avulsas. Mais não digo , é surpresa ! Rsrs …

entrevistas

Clique no banner para acessar o índice de entrevistas!